Notícia

“DIGA NÃO AO DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS, ESCOLHA O SAUDÁVEL E SUSTENTÁVEL”

Em Portugal, estima-se que cada habitante desperdice em média 179 quilos de comida todos os anos e no mundo, 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos acabam no lixo anualmente.

Mas a pandemia parece ter influenciado até o que estamos a deitar fora, empurrando-nos para um “comportamento mais sustentável”. Um estudo da Associação de Defesa do Consumidor (Deco) divulgado em setembro concluiu que os portugueses que admitem ter desperdiçado “um pouco” de comida caiu de 56% para 19% entre o início de 2020 e a quarentena em abril.

Segundo um relatório do projeto europeu UE Fusions divulgado em 2016, 54% do desperdício alimentar é gerado pelos consumidores. No entanto, as contas à comida que acaba no lixo começam muito antes das nossas casas. Segundo as Nações Unidas (ONU), um terço dos alimentos produzidos não chega aos nossos pratos. Um dos motivos é a “ditadura da estética” a que estão sujeitos as frutas e legumes, há toneladas de alimentos que são rejeitados, 30% da produção não chega ao supermercado. 

À medida que aumenta a população mundial, aumenta também a pressão sobre os valiosos recursos naturais, cerca de, 3,3 mil milhões de pessoas em todo o mundo que obtêm do peixe, pelo menos, 20% da sua dose diária de proteína animal.

Os nossos oceanos alimentam milhões de pessoas, cobrem mais de 70% da superfície da Terra e albergam cerca de 80% da biodiversidade do planeta, no entanto, mais de um terço dos stocks de peixes foram pescados para além dos limites sustentáveis a nível mundial.

A pesca sustentável é sem dúvida uma grande contribuição para o planeta e para a conservação dos nossos oceanos e respeito pelo meio marinho.

Ter uma alimentação amiga do ambiente passa muito por ter consciência de, como é que os alimentos foram produzidos, e de todos os procedimentos e processos que ocorreram até chegar ao prato.

 

 

DICAS PARA REDUZIR O DESPERDÍCIO E SER NAIS SUSTENTÁVEL

·        Faça uma lista de compras;

·        Compre apenas o necessário e tenha sempre o cuidado de consumir estes produtos o mais rapidamente que lhe for possível;

·        Saiba quais os alimentos que tem em casa e tenha o cuidado de organizar bem a dispensa e o frigorífico;

·        Aproveite de forma diferente os alimentos que tem em casa: há também cada vez mais receitas para aproveitamento de cascas de alguns frutos ou vegetais;

·        Faça compostagem caseira, por exemplo, a partir de cascas e sobras de frutas, vegetais e borras de café para obter um fertilizante natural para quem tem hortas e jardins.

·        Escolha pescado com o selo azul MSC, pescado certificado que contribui para a conservação da vida nos oceanos;

·        Compre uma maior variedade de peixe @gelpeixe, ajuda a manter os níveis de stock de peixe nos oceanos, a proteger espécies em risco e a manter o equilíbrio marítimo;

·        Compre, conserve e prepare bem os alimentos.

 

Minimizar os impactos nos ecossistemas e habitats, transformar o mercado num modelo sustentável e conservar estes grandes recursos para as gerações futuras são gestos fundamentais no presente. Procure ter uma alimentação mais consciente, porque comer de forma mais consciente é fazê-lo de forma mais sustentável e saudável. 

Nutricionista Dra. Ana Pinto

Notícias

Conheça o que temos de novo para lhe contar

Gelpeixe marca presença na ANUGA, em Colónia

Gelpeixe marca presença na ANUGA, em Colónia

De 9 a 13 de outubro a Gelpeixe irá marcar presença na ANUGA, a feira comercial líder global para a indústria de alimentos e bebidas, que terá lugar Colónia (Alemanha).
24 Set 2021
Estão abertas as candidaturas às bolsas sociais da Associação Duarte Tarré

Estão abertas as candidaturas às bolsas sociais da Associação Duarte Tarré

Estão abertas as candidaturas às bolsas sociais da Associação Duarte Tarré
20 Set 2021
Gelpeixe associa-se ao Movimento Unidos Contra o Desperdício

Gelpeixe associa-se ao Movimento Unidos Contra o Desperdício

Na Gelpeixe acreditamos que o conceito parte de cada um de nós. Como tal, em setembro de 2021 associámo-nos ao Movimento “Unidos Contra o Desperdício”.
16 Set 2021